11/03/08

Fairplay nunca fez mal a ninguém...

Papás,
Informo-vos que fiz várias tentativas para alterar o jogo com o Lisnave, mas não consegui a compreensão do treinador. Para quem não sabe, o nosso jogo em Almada está marcado para as 11h30 de Domingo, no dia em que a ponte 25 de Abril vai estar fechada ao trânsito devido ao grande evento desportivo que é a mini-maratona.
Tentei que o jogo passasse para a tarde, evitando assim o transtorno de ir pela Ponte Vasco da Gama e as nossas atletas poderem descansar mais um pouco, visto ser mais um fim-de-semana com jornada dupla. Fui informada que à tarde, apesar do pavilhão estar livre, não podem ser marcados jogos, pois a câmara teria de pagar horas extras a um funcionário.
Tentei que o jogo fosse na SIMECQ, invertendo assim a ordem com a última jornada, mas o único horário livre era o das 20h. O treinador do Lisnave informou-me que não aceitava jogar aquela hora, visto ser um Domingo e as suas atletas terem aulas no dia seguinte. Quando informei que nessa semana não haveria aulas, devido às férias da Páscoa, a resposta foi "Não".
É de lamentar a falta de fairplay de alguns clubes e deixo aqui uma crítica à FPB que permite que este tipo de coisas aconteça.
Resumindo: Lá iremos passear até ao Estuário do Tejo, de madrugada, para nos deslocarmos a Almada. Faremos mais uns kms do que era previsto, mas a SIMECQ tem muito dinheiro e pode ter esse tipo de despesas. Quanto às atletas, lá terão de se deitar mais cedo, e recuperar do jogo com o Benfica que tem início às 17h15 de Sábado.
Ainda bem que estamos no Basket porque gostamos muito!
Saudações desportivas. (E eu é que sou anti-pedagógica)

3 comentários:

Famse disse...

É realmente incompreensível! Só espero que a inflexibilidade deste treinador seja compensada com um grande jogo das nossas meninas! Força equipa!

Admirador de outro Clube disse...

É dificil compreender essa atitudes. A FPB tinha de interferir nessas situações e não deixar o barco andar.... assim é mais fácil e não dá trabalho.

Anónimo disse...

E tudo por causa de mim...
(que vou à corrida da ponte, com a minha mãe e os outros milhares). Vá lá que nos lembrámos que existia isto, se não, saía o carro da Cruz Quebrada em cima da hora e estava tudo cortado.
Atenção que também a marginal, 24 Julho, etc, tudo está cortado, inclusive porque este ano também há um local de partida em Algés.
Orlando Silva